Até breve, Nazarenos HC…

Publicado: 3 de dezembro de 2014 em Fila Benário Fala, Homenagem, Rock Católico
Tags:

394833_398377713584771_165810453_n
Nesses cinco anos de existência do Fila Benário Music essa é a primeira vez que escrevo sobre a minha querida banda Nazarenos HC, não foi por preguiça, por falta de tempo ou até mesmo por vergonha alheia, mas talvez seja por ética mesmo, achei que não cairia bem eu ficar enaltecendo a minha própria banda. Porém hoje eu vejo motivos para escrever, afinal de contas após oito anos de caminhada, o Nazarenos HC resolveu dar um tempo nas suas atividades.
Surgida no ano de 2006 o Nazarenos HC foi fundado na cidade de Várzea Paulista (interior de São Paulo) pelo vocalista Erick Marchesin, Erick participou de inúmeras bandas da cena local, entre elas as mais notórias foram: Los Amebas, Us Fulanos e o R14 Radial.
Já casado e esperando a sua primeira filha, Erick tem um sonho, onde ele é chamado pelo próprio Deus a ser “o seu discipulo”, Erick aceita a missão e se converte ao catolicismo e munido de canções de sua autoria se tranca em estúdio em São Paulo e lança a sua primeira demo intitulada de Em Nome do Pai, onde gravou os vocais e todos os instrumentos. O EP de cinco faixas já contava com canções que viriam ser notórias no repertório do Nazarenos HC como De Manhã, O Anjo do Senhor, Cauterização e O Silêncio.
Como “Erick Banda”, a sua primeira apresentação foi no festival Coração do Rei organizado pela Comunidade Bom Pastor na cidade de Jundiaí, a formação da banda contava com um cabeludo Erick nas guitarras e vocais, o seu amigo de curso de noivos Reginaldo (Buxa) na outra guitarra, e dois grandes amigos de Erick dos tempos de R14 Radial, o baixista Juninho e o baterista Jorge, porém ambos acabaram deixando a banda após essa apresentação para se dedicar à outros projetos.
E foi exatamente no dia 3 de Dezembro de 2006, há exatos oito anos, que o Nazarenos HC ensaia pela primeira vez com a sua duradoura e mais frutífera formação contando com Rafael Biasotto na segunda guitarra, o baterista Fernando Arouche, e esse que vos fala no contrabaixo.

Nazarenos HC da esq pra dir: Buxa (Guitarra), Erick (Vocal), Fernando (Bateria), Rafa (Guitarra) e Fila Benário (Baixo)

Nazarenos HC da esq pra dir: Buxa (Guitarra), Erick (Vocal), Fernando (Bateria), Rafa (Guitarra) e Fila Benário (Baixo)

O nome Nazarenos HC veio do próprio Erick que não via mais necessidade do conjunto levar o seu nome, e batizou a banda como se fossem habitantes da cidade de Nazaré, a mesma onde Jesus passou toda a sua infância e adolescência. Já o HC tem dupla explicação, além de ser a abreviação de Hardcore, o estilo tocado pela banda, servia também como Hardcore em Cristo.
No ano seguinte, o Nazarenos HC participou do festival Mosh 4 Jesus, organizado pelo Tchelão, vocalista do The Flanders, foi o primeiro festival de Punk Hardcore Católico no Brasil, e lá a banda teve a oportunidade de apresentar a sua proposta de evangelização a todos.
No mesmo ano a banda participou do Hallel de Londrina e também do Hallel de Franca, sendo esse último o maior evento de música católica no país. A banda retornaria no evento nos dois próximos anos.
Ousados, como pede a palavra de Deus, a banda organizou em sua cidade natal, a 1ª Missa Rock, que contou com shows das bandas Senda (White Metal) e Fisher, formada por integrantes da banda The Flanders, além do próprio Nazarenos HC. O evento veio a repetir no ano seguinte, dessa vez melhor estruturado e com a presença da banda Patria Celeste (Caçapava –SP) e de próprio The Flanders.
Foi também no ano de 2008 que o Nazarenos HC lançou o seu primeiro trabalho, o EP de sete faixas intitulado (NZ+HC)³, que contava com o carro chefe De Manhã, além das pesadas Teu Perdão e Motivo Maior, essa última composta pelo baterista Fernando Arouche. Além das participações mais do que especiais da tecladista Ana Claudia na faixa O Silêncio – que inicialmente teria também a participação da cantora católica Jean – e do grandioso Tchelão em Anjo do Senhor.
O show de lançamento do disco aconteceu na Cristoteca no tradicional bairro do Brás em São Paulo.
Importante ressaltar também que durante toda a caminhada do Nazarenos HC, o mesmo serviu nas missas e celebrações como ministério de música, contando com o apoio vocal das jovens Juliana Bifani e Luciana Lima.

Ultima formação do Nazarenos HC Ministério em 2012. Em cima: Carlos Birão, Erick e Fila Benário - Embaixo: Fernando, Buxa, Juliana Bifani e Luciana Lima.

Ultima formação do Nazarenos HC Ministério em 2012. Em cima: Carlos Birão, Erick e Fila Benário – Embaixo: Fernando, Buxa, Juliana Bifani e Luciana Lima.

Em Janeiro de 2009 a banda realiza uma apresentação no festival de música cristã Summer Beats, no extinto parque de diversões Playcenter, e os próprios integrantes consideram ser a mais importante de toda trajetória da banda.

Nazarenos HC + Tchelão (The Flanders) no Summer Beats

Nazarenos HC + Tchelão (The Flanders) no Summer Beats

Em Junho do mesmo ano, a banda entrou estúdio para as gravações de um novo disco, porém as gravações foram interrompidas, devido ao falecimento dos meus pais – meu pai no ano de 2009 de infarto e minha mãe no ano seguinte de aneurisma cerebral – depois de dois anos, o álbum Face a Face é finalmente lançado com três shows especiais, o primeiro foi em uma confraternização dentro de um retiro do grupo de jovens Shalon Adonai na cidade de Campo Limpo Paulista (SP), o segundo foi no evento Cristo Drink na Paróquia Cristo Redentor, que contou também com a presença da banda Raah, e o último foi em Dezembro de 2011 na Paróquia São Roque, onde foi lançado e exibido também o documentário “Face a Face – O Filme” que contava os bastidores das gravações e depoimentos de familiares, amigos e demais envolvidos com a banda.
O cd em si trás um novo Nazarenos HC, flertando diretamente com o Heavy Metal em faixas como Liberdade e Marcas, mas sem esquecer as raízes do Punk Rock como na faixa título e na agitada Jesus Live, além do Hardcore melódico como em Peregrino que abre o disco com a oração de São Bento rezada em latim na introdução. Porém o grande trunfo de Face a Face fica por conta da canção Restituí, uma belíssima balada que conta com a participação mais do que especial da cantora católica Dayana Cardoso.

Nazarenos HC e Dayana Cardoso

Nazarenos HC e Dayana Cardoso

Foi também em Dezembro de 2011 que o Nazarenos HC sofre a sua primeira baixa, o guitarrista Rafael Biasotto deixa a banda devido problemas pessoais, a banda segue com quatro integrantes, chegando a participar dos programas Conectados.com e Encontro com Pe. Wilson, ambos da Web Tv Leão de Judá.

Porém o quarteto não duraria muito, em agosto de 2012, o guitarrista Carlos Birão (Ex – P7: Projeto de Pop Rock Cristão junto com o baterista Fernando Arouche) integra o Nazarenos HC já em uma prova de fogo, estreando na gravação do programa Ensaiando com Cristo, apresentado pelo saudoso Vagner Martins do canal Kerygma.

No mesmo ano a banda começa a compor músicas para um futuro álbum, e sob a produção do baterista Fernando Arouche, que havia também produzido o primeiro EP do conjunto, a banda começa timidamente a gravar o novo álbum, surgem às primeiras canções: Em Frente ao Espelho e Reza Bem Fortão, ambas as composições do Erick que contam pela primeira vez com a minha parceria, além da pesada Olhos da Hipocrisia de composta pelo Fernando, Jovem Judia de parceira minha com o Birão, e o presente dado pelo compositor e vocalista do ministério Divina Face, Marcio Thiego, que foi a música Obrigado Senhor. Além do resgate histórico da canção Eucaristia da banda P7.
Com cd praticamente pronto, o ideal seria fazer o de sempre: “pé na estrada, bíblia na mão e evangelização”, mas dessa vez bateu cansaço, a mesma falta de vigor físico e espiritual que fez Bento XVI desistir do Papado, culminou no Nazarenos HC.
Não abandonamos a nossa fé de forma alguma, pelo contrário, é nela que nos apoiamos e é em Deus que estamos vivos e saudáveis. Mas há tempos o Nazarenos HC deixou de ser aquela engrenagem girando sem parar, ela foi parando aos poucos e hoje ela quase não roda.
Após a saída do guitarrista Carlos Birão no mês passado, a decisão mais sensata tomada por todos foi de dar um tempo na banda, colocar uma virgula em nossa trajetória.

E assim agradecemos a todos pelo imenso carinho, apoio e orações durante esses oito anos de caminhada.

Segue abaixo o nosso novo – e último – trabalho, o cd Jovem Demais Para Morrer, lançado no último domingo, dia 30 de Novembro

“Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, o Amor jamais acabará”
(Nazarenos HC – Face a Face)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s