O Preconceito Machisto-Musical

Publicado: 8 de abril de 2015 em Beatriz Sanz Fala
Tags:,

Max e Mariano
Por Beatriz Sanz

Eis que hoje abro meu Facebook e como sempre parece que o mundo está prestes a acabar. Dessa vez o fadado apocalipse é por uma música chamada “Eu Vou Jogar na Internet” da dupla sertaneja Max & Mariano.
Então esse post é uma conversa direta para o retardado que escreveu essa música! Então você vai por um vídeo meu fazendo sexo na Internet só porque agora eu estou com outro e finjo que não te conheço? Querido, eu te devo algo?Você não pode colocar na Internet e nem é por conta dos milhares de processos que tu vai receber. FAZER SEXO É MEU DIREITO. O CORPO É MEU E EU FAÇO SEXO COM QUEM EU BEM ENTENDER. Estamos conversados nesses aspecto? Ok, prossigamos.
Agora me diz, meu bem, tu acha que vai pegar qualquer outra garota no planeta depois de postar um revenge porn meu? Não, coração, você não vai. Você não vai passar de mais um idiota que não sabe aceitar que perdeu a gata (no caso eu).

Gente, agora falando sério, alguém aqui ainda acha que machismo é brincadeira? Cadê o respeito às gurias que cometeram suicídio depois de terem suas intimidades reveladas na rede? MELHOR, cadê a punição dos caras que MATARAM essas gurias?
E não! Pelo amor de Deus não me venham culpar “a porcaria da nova música brasileira, eles acham que funk e sertanejo universitário é cultura”. VAMOS PARAR COM O PRECONCEITO MUSICAL, MIGXS!
Esta música é ruim, mas vai me dizer que tu nunca cantou pra uma guria que vai esperá-la até ficar gagá? A culpa não é da música, como não é do preto, como não é da mulher! A CULPA É DA SOCIEDADE E DOS ESTERIÓTIPOS QUE REFORÇAMOS TODOS OS DIAS.
Entendemos isso também? Adiante, então. A mulher ainda é retratada como um objeto na publicidade (Vamos falar sobre aquela campanha ridícula Risqué ou qualquer comercial de cerveja nacional?). Mas tomar uma cerveja que usa propaganda machista no bar, enquanto se ouve rock’n’roll americano (música estrangeira é sempre melhor zzzzzzzzzzzz) pode, né?
O preconceito (machismo, racismo, homofobia, islamofobia ou qualquer porcaria) está dentro de nós e cabe a nós numa batalha diária identificar isso para mudar as coisas erradas que fazemos e dizemos em nós e naqueles que estão ao nosso redor.
Mano, não deixe de ouvir sertanejo (Luan Santana ou Johnny Cash) por causa de uma música imbecil. Mina, não deixe de lutar pela sua liberdade por causa de um nude que algum babaca postou na Internet, isso só prova o quanto ele não te merece.

Perfil - Bia Sanz - Consolas Tam. 11 - Cópia

Anúncios
comentários
  1. JURIENE PEREIRA DA SILVA disse:

    O pior é saber que sim, ele vai continuar o “garanhão, pegador ou coisa parecida” porque haverá alguma “sem amor próprio” que vai achar que “ela mereceu” a ” punição” que ele lhe deu. Afinal de contas porque ela “trocou ele por outro”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s