Festival da Cultura inglesa – Johnny Marr + The Strypes + Gaby Amarantos

Publicado: 23 de junho de 2015 em Larissa Darc Fala, Shows
Tags:, , ,

DSC_0386

Por Larissa Darc
Fotos por Beatriz Sanz

Uma vez por ano, a escola Cultura Inglesa traz a solo brasileiro diversas personalidades para o seu festival. Nomes como Franz Ferdinand, Los Campesinos e The Jesus and Mary Chain já fizeram parte da lista de artistas que se apresentaram gratuitamente em São Paulo pelo evento.

Dessa vez, os convidados foram The Strypes, Gaby Amarantos e Johnny Marr. Juntos, provocaram uma mistura explosiva no domingo da cidade mais movimentada do país.

A abertura dos shows ficou por conta da Banda Staff Only de professores e funcionários da Cultura Inglesa e a Banda Blue Drowse de alunos da mesma instituição. Os dois apostaram em covers de famosos artistas do cenário indie e rock, aquecendo a multidão para os shows que viriam a seguir.

O Fila Benário Music foi credenciado para curtir o festival, e vamos te contar o que aconteceu durante as apresentações dessa quente tarde de domingo. Vamos lá!

The Strypes
DSC_0168
Os irlandeses do The Strypes abriram mão do chá da tarde para subir pontualmente as 4h da tarde no palco. Com o seu indie rock elétrico, conduziu a platéia a um show agitado, com ares do lollapalooza. Ross Farrely, vocalista da banda, mostrou-se performático, junto aos seus curiosos instrumentos. Dançava com o pandeiro e girava a inseparável gaita ao redor do corpo durante os momentos de instrumentais.

Em certo momento, Pete O’Hanlon, o carismático baixista, foi até a platéia buscar um balão inflável do Bob Esponja. A atitude animou a todos, menos ao vocalista, que fez gestos de reprovação ao companheiro de banda.

Simpáticos, agradeciam ao publico o tempo todo, e deixaram uma sensação de missão cumprida ao fim do show.

 Gaby Amarantos
DSC_0198
Logo em seguida, anunciaram que a “Rainha da Amazônia” subiria ao palco. E estavam falando, é claro, de Gaby Amarantos. Mesclando grandes hits ingleses a marcante melodia paraense, ela animou com maestria o exigente público que, por alguns momentos, abandonarem o “carão” para se jogaram em contagiantes danças.

Diversos convidados especiais foram chamados durante a apresentação. Uma delas foi a “Valentine”, uma travesti famosa por interpretar, de forma cômica, a cantora Amy Winehouse.

O ponto alto do show foi, sem dúvidas, o momento em que foi tocado um medley com diversos funks de sucesso, um atrás do outro. Pode-se ouvir desde “Cerol na Mão” à “Minha Eguinha Pocotó”.

Chegando ao final do show, Gaby distribuiu flores aos fãs, enquanto discursava a favor da diversidade, repudiando ao conservadorismo. Foi profundamente aplaudida com ao dizer que “Ser brega é ser feliz!”.

Johnny Marr
DSC_0394
O mestre de cerimônia a encerrar a maratona de shows foi, ninguém menos do que, Johnny Marr, o ex-guitarrista da banda The Smiths.

Para descrever esse show, podemos usar o “Oh, it was intense” que ele comentou após executar uma de suas músicas.

Apesar de ser um show focado no seu trabalho solo, não abriu mão de grandes clássicos da sua antiga banda, para levar os ávidos fãs a uma viagem de volta para os anos 80. Em There’s a light that never goes out, transformou o Memorial da America Latina em um grande baile ao ar livre, entornando um sonoro coral nostálgico.

Agradecia aos fãs a todo momento, desfazendo de vez o estereótipo do “Inglês antipático”. Saiu do palco após tocar o hit “how soon is now“, mas logo voltou para finalizar com o Bis. Ele cantou mais 3 músicas, e foi embora de vez deixando uma promessa aos fãs:

“See you next year!”

Quem ai já está ansioso para 2016?

Veja todas as fotos do evento na nossa página do facebook.
Perfil - Larissa Darc - Consolas Tam. 11

Anúncios
comentários
  1. Vanessa disse:

    Em primeiro lugar, os garotos do The Strypes são irlandeses e não ingleses e, em segundo, Josh McClorey é o guitarrista da banda, o nome do vocalista é Ross Farrely. Seria bom dar uma pesquisada antes de escrever sobre algo.

    • fbenariomusic disse:

      Vanessa Sanches

      Pedimos desculpas pelas falhas, as mesmas foram corrigidas.

      Agradeço pelo toque e espero que isso não interfira na experiência de conhecer melhor o nosso espaço musical aqui.

      Um forte abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s