O Xibom-Bombom das manifestações

Publicado: 17 de agosto de 2015 em Fila Benário Fala
Tags:, , ,

“Ontem o Brasil parou”, dizem os principais jornais e portais de notícias da internet, mas levando em consideração que ontem era domingo, o país já estava literalmente parado, ele estava sentado à mesa no tradicional almoço de família, deitado no sofá tirando aquela deliciosa sonequinha da tarde, curtindo o religioso futebolzinho de domingo, entre outras atividades que envolvem preguiça e prazer na mesma moeda.

Porém durante todo o dia de ontem, nas principais capitais do país, aconteceu a terceira edição da micare… ops, da manifestação contra a corrupção brasileira e clamando o impeachment da atual presidente da república, Dilma Rousseff.

O coletivo organizador da passeata, o Movimento Brasil Livre (MBL), é liderado pelo jovem Kim Kataguiri, aquele mesmo que já disse nas redes sociais que “feminista é igual miojo, são ‘comidas’ de universitário”, verdadeiramente um líder exemplar que tem moral suficiente para conduzir o povo brasileiro na luta contra a corrupção.

Kim Kataguiri, o líder da direita

Kim Kataguiri, o líder da direita

Na maior cidade do país, São Paulo, cerca de 1 milhão pessoas, segundo o “matemático” Kataguiri, e 350 mil pessoas segundo a PM, estiveram presentes na Avenida Paulista segurando faixas pedindo a saída da presidenta, o fim da corrupção, e alguns mais insanos pediam a volta da ditadura militar.

Importante ressaltar que a vestimenta mais usada durante o protesto foi a camiseta da seleção brasileira, com emblema da CBF em cima do peito, a mesma instituição que teve dirigentes presos na Suíça com a acusações de lavagem de dinheiro, tráfico de influencia e formação de quadrilha.

Não apenas a CBF de José Maria Marin ficou isenta de culpa na marcha contra a corrupção, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), apesar de ter o seu nome envolvido em denúncias da operação lava jato ao cobrar 5 milhões de dólares em propina, o mesmo, mais liso que um gato, anunciou rompimento com o governo federal e de corrupto passou a ser o líder da luta contra corrupção, que segundo a lógica dos manifestantes fora implantada no país pelo PT no dia 1 de janeiro de 2003, quando então presidente na época Luiz Inácio Lula da Silva assumiu a presidência.

"Obrigado por eu sair ileso dessa" deve estar rezando, Cunha

“Obrigado por eu sair ileso dessa” deve estar rezando, Cunha

A questão é, satisfeito com o governo Dilma todos nós não estamos, isso é fato. Gasolina está cara, a energia elétrica também, a inflação está estourando e isso reflete os preços no mercado, mas agora bater no peito dizendo que a corrupção existe apenas nesse governo é insanidade.

Mas a questão não é debater quem começou a corrupção no país, mas sim quando ela deve finalmente acabar, no entanto essa tal manifestação que tem todo apoio da mídia, da polícia e é totalmente formada pela classe dominante não expõe conhecimento algum dos envolvidos, afinal de contas, só nesse texto eu citei dois exemplos claros de corruptos (CBF e Cunha) que foram abafados nesse protesto, então trata-se de um protesto seletivo? Não é contra a corrupção como um todo, é apenas contra um tipo de corrupção? Por favor caro manifestante, me tira essa dúvida?

Alias, ao invés de sair nas ruas pedindo o impeachment da presidente e o fim da corrupção, deveríamos pedir por reforma política e a participação popular no congresso, mas esquece, o Cunha, mártir da direita que protesta contra a corrupção, foi contra o projeto, e no entanto o mesmo fez manobras para aprovar o financiamento privado de campanhas políticas.

E cadê gritos de fora Cunha na passeata?

“Vamos protestar contra essa crise que assola a nossa população”, disse a manifestante para as câmeras da TV, e é nessa crise que um boneco inflável com a imagem do ex-presidente Lula vestindo uma roupa de presidiário que custou 12 mil reais (!) foi levantado em meio a manifestação em Brasília.
Crise para quem mesmo?

O boneco de Lula desfilando em Brasília

O boneco de Lula desfilando em Brasília

A verdade é uma só, não houve manifestação ontem, o Brasil não parou como disse os jornais, ele na verdade ficou parado na sua insignificância e ignorância. O que houve ontem nos mais 250 municípios que aderiram o movimento foi uma grande micareta, um verdadeiro carnaval fora de época, com todos de verde e amarelo, sorridentes e felizes, fazendo coreografias, fazendo selfies com PM e tendo a exaustiva cobertura da mídia. Se uma manifestação não incomoda nem mídia e nem a polícia, significa que ela não atacou o sistema.

Já que se tratava de uma micareta, a música “Xibom-Bombom”, do grupo “As Meninas”, lançada em 1999, poderia muito bem tocar em alto volume no trio elétrico que circulava nas ruas, e assim fazer o povo presente refletir melhor as suas atitudes e o seu papel como cidadão.

Afinal de contas, é nessa “crise” que o “Rico cada vez fica mais rico e o pobre cada vez fica mais pobre”, vide os bancos que tem lucrado bilhões em meio a crise econômica.
E quando professores estaduais fizeram nesse ano a mais longa greve reivindicando melhorias na educação fazendo jus ao trecho: “Mas eu só quero educar os meus filhos, tornar um cidadão com muita dignidade”, eles não tiveram a cobertura da mídia e muito menos o apoio da população, e no caso dos professores do Paraná ainda enfrentaram a truculência da polícia de Beto Richa.

Professores apanhando da polícia no Paraná em abril desse ano

Professores apanhando da polícia no Paraná em abril desse ano

Mas como dizia a bela Carla Cristina “O motivo todo mundo já conhece, o de cima sobe e o de baixo desce”.

Anúncios
comentários
  1. Jair Silva disse:

    Parabéns para quem redigiu esse texto! Muito bem pensado! O problema é que o povo vai pela mídia, refletem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s